Blog

Print
Press Enter to show all options, press Tab go to next option
Gols para a juventude e comunidades liderando o desenvolvimento no Brasil

Gols para a juventude e comunidades liderando o desenvolvimento no Brasil

By Inter-American Foundation on Comment

Dizer que o futebol é popular no Brasil é uma afirmação muito modesta. Quando o país sediou a Copa do Mundo de 2014, a seleção nacional brasileira era a única a nunca ter perdido uma eliminatória. Muitos trabalhadores foram liberados nos dias de jogos do Brasil na Copa. Pelo lado profissional, há mais de 10.000 brasileiros jogando em equipes de todo o mundo.

É por isso que faz sentido que nosso parceiro Instituto Fazer Acontecer use o esporte para estimular o desenvolvimento comunitário no “País do Futebol”. O Instituto Fazer Acontecer organiza a formação de educadores esportivos e de jovens brasileiros na área metropolitana de Salvador, Bahia, e na região do semiárido desse estado do nordeste brasileiro.

 

A woman coaches a boy soccer player with other players on the field in the background

O desporto para o desenvolvimento e a paz 

A organização usa o futebol e outras atividades esportivas para envolver a juventude e também educá-la tanto em campo quanto fora. Quando não estão jogando, os jovens aprendem como resistir ao abuso de drogas, sobre discriminação, educação ambiental, cidadania, direitos humanos e oportunidades de emprego. Quando estão jogando, aplicam noções aprendidas de respeito, cooperação, parceria, colaboração.

O esporte é incrivelmente valioso para estimular o progresso social e econômico, e é por isso que as Nações Unidas reconhecem o dia 6 de abril como o Dia Internacional do Esporte para Desenvolvimento e Paz.

 

Several soccer teams sit and listen to a lecture before a tournament begins

Fazer uma impressão que dura 

Colaborando com governos locais que fornecem pessoal e locais públicos para atividades, o Fazer Acontecer garante que as atividade de esporte educativo continuem mesmo após sua saída da localidade para expandir suas atividades a outras regiões. A grande meta dessas parcerias é a esperança de que os funcionários do governo local incorporem as práticas da organização ao currículo da educação pública. Desse modo, os programas continuam a beneficiar a comunidade local mesmo depois do apoio inicial do Fazer Acontecer.

Na região semiárida da Bahia, o Fazer Acontecer obteve sucesso quando 10 municípios entre 12 continuaram com o projeto de esporte educativo. Oito deles adotaram as práticas da organização como política pública. Os elaboradores de políticas abraçaram o programa quando viram resultados significativos na redução da delinquência juvenil, no aumento no desempenho escolar e na cultura crescente de paz em áreas violentas.

 

A youth soccer team in Brazil poses for a photo with IAF foundation representative

Novos desafios 

Após uma visita à cidade costeira de Conde, na Bahia, em março, o representante da IAF para o Brasil, David Fleischer, disse que os governos locais reconhecem como as atividades atléticas do grupo melhoraram o desempenho educacional e reduziram a ocorrência de pequenos crimes, como o vandalismo. “O Fazer Acontecer ajuda os jovens a ter um bom desempenho na escola, ensina-os a respeitar o outros e a seguir regras”, afirmou Fleischer. “Eu assisti um jogo misto de queimada. Todos estavam ansiosos para jogar juntos e meninos respeitaram as meninas. O jogo foi muito civilizado e as crianças não trapacearam”. 

Com a continuação de nosso financiamento no último ano, o Fazer Acontecer agora pode passar para um ambiente mais desafiador. Eles estão planejando introduzir o programa de esporte educativo em comunidades na área metropolitana de Salvador, a maior cidade da Região Nordeste e a terceira maior cidade do país. Salvador tem níveis elevados de violência e crime, especialmente envolvendo jovens que serão beneficiados pela influência da organização. 

 

A soccer team practices drills on the beach in Brazil with the ocean in the background

Return to full list >>
comments powered by Disqus